Bola Pesada

A Casa do Futsal

ACBF ou Oppnus Maringá? Quem fica com a última vaga?

A última decisão da segunda fase ficou para o emocionante grupo B. Com Corinthians classificado e praticamente garantido na primeira colocação e Atlântico Erechim eliminado, a decisão fica por conta do confronto esperado entre paranaenses e gaúchos. Pelo lado dos paranaenses está o Oppnus/Ciagym Maringá, vale lembrar que caso a equipe maringaense consiga a classificação será o terceiro paranaense nos playoffs da Liga. Já pelo lado dos gaúchos está o multi-campeão e tradicional Carlos Barbosa que nesta temporada não faz uma campanha cujo o seu nome indica. O confronto vem sendo esperado desde segunda passada quando a equipe de Rodrigo empatou com o Corinthians dentro de casa, caso vencessem o jogo teriam o direito de empatar em casa. Como o resultado foi de 0x0, a decisão sobre quem poderia empatar ficou para sábado, quando o Ciagym enfrentaria a equipe do Atlântico.

Com um placar elástico e um segundo tempo fabuloso, o Oppnus goleou os primeiros gaúchos no seu caminho e viajou dependendo “apenas” de um empate na serra gaúcha para conseguir a histórica classificação. Enquanto do outro lado, a ACBF empatou com o Cachoeiras em jogo válido pelo campeonato gaúcho. Sem desfalques de ambos os lados, a decisão passará pelos pés dos jogadores mais importantes das equipes. Bruno com incríveis 14 gols na competição é o grande nome da batalhadora e aguerrida equipe, já do lado de Carlos Barbosa colocamos o fixo Rodrigo como o possível fator determinante para esta partida.

Confrontos no ano

Ao longo de nove meses, ACBF e Maringá se enfrentaram 3 vezes no ano. Duas delas válidas pela Liga Futsal e a outra na Copa Gramado. O fato curioso é que o primeiro jogo fora de cenário estadual de ambas equipes foram entre elas. O empate em 1×1 em Gramado, marcou o começo da caminhada de ambas equipes que por destino disputariam a última vaga.

No segundo confronto entre ambas equipes, uma vitória categórica dos gaúchos. Num jogo ruim da equipe maringaense somados com uma dose de sorte em alguns lances da equipe gaúcha, o placar foi de 3×0, jogo realizado no mesmo ginásio da decisão dessa segunda-feira. De lá pra cá, tanto Ciagym como ACBF passaram por mudanças, tanto de modo de jogo como de jogadores. A equipe maringaense melhorou e muito, já a laranja mecânica ao meu ver decepcionou, com direito a troca de treinador no meio da competição.

Num último confronto a marca foi o equilíbrio. O melhor jogo nessa série de jogos e com certeza o mais emocionante. Com direito a confusão, golaços e princípio de rivalidade entre ambas equipes. O jogo realizado no belo Chico Neto (palco do Grand Prix de Futsal 2013) terminou em 3×3, mas confesso que aquele jogo merecia ter ido para o lado maringaense, que em duas bobeiras defensivas deixou escapar os três pontos. E esses dois pontos que hoje os colocariam empatado com o Corinthians e classificado para a terceira fase.

Previsão

A Bola Pesada decidiu não prever resultados para a noite de amanhã. A única coisa que temos certeza é que a intensidade desse jogo será fora do comum. O Centro Municipal de Eventos Sério Luiz Guerra estará com a lotação máxima. Inclusive uma super promoção de ingressos (1 real ou 1 Kg de alimento) ajudará a inflar mais ainda o caldeirão laranja. Outro fato que pesa para a equipe gaúcha é de que o Ciagym não venceu fora de casa ainda, tanto na primeira fase como na segunda fase. Entretanto nessa segunda fase as exibições fora de casa foram acima da média. Um empate épico contra o Erechim e um jogo batendo de frente contra o Corinthians. Do lado maringaense a empolgação e a disciplina tática podem fazer a diferença. Os 15 jogadores que estarão trajados sabem da importância desse jogo, e do tamanho que esse embate significará para sua torcida e sua cidade. Mas o Oppnus Maringá não é apenas empolgação. Uma disciplina tática impressionante é a marca desse time, tanto defensivamente quanto ofensivamente o time sabe do seus limites e através desse conhecimento consegue ser uma forte equipe.

Reclamação

Termino esse texto com uma grande reclamação: Cade o jogo televisionado?! Um jogo desse porte, com uma decisão dessas não poderia ser deixado de lado pela TV que tem os direitos de transmissão. Uma perda para os fãs de futsal que terão que “imaginar” as jogadas através das rádios e uma perda para a TV também, que perdeu a chance de ter uma grande audiência.

A Bola Pesada inicia uma votação para saber a opinião dos leitores a respeito da classificação!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Visitantes da A Bola Pesada

  • 76,900 visitas
%d blogueiros gostam disto: